Betty Birger Arquitetura

 

 

55 11 3666-9079
3666-5475

 

 

@ WEB

 

 

 

 

Saúde

 

Clínica | São Paulo, SP

 

 

DÉBORA GALVÃO CIRURGIA PLÁSTICA


Situada numa rua calma no coração de São Paulo está sendo inaugurada a Clínica Débora Galvão Cirurgia Plástica. Assim que a porta de entrada se abre uma rampa de madeira encaminha os clientes para a recepção.


Um grande salão com pé direito de 4.00m totalmente iluminado pela clarabóia do jardim interno é a biblioteca, dotada de todo o conforto e sofisticação para uma espera agradável. São vários ambientes em um só e um sofá em tecido prata com espaldar bem alto é a grande vedete.


A cobertura de vidro se abre nos dias mais gostosos e o jardim traz uma atmosfera de tranqüilidade e bem estar. Através do jardim o cliente é encaminhado para as salas de curativos, atendimento e serviços do térreo. Todas estas salas são dotadas de grandes vidros que proporcionam iluminação natural abundante contribuindo para a economia de energia.


Para a iluminação do salão foram utilizadas sancas e um grande pendural com leds coloridos. No jardim, os balizadores marcam discretamente o caminho.


O balcão da recepção revestido com pastilhas bisazza foi projetado para flutuar no espaço, desta forma, a integração do jardim com a biblioteca não ficou prejudicada.


No pavimento superior ficam o consultório principal, a sala de fotos, exames, curativos e serviços.
A ambientação é sofisticada e arrojada com a mistura de madeiras, tecidos em tons de marrons, cinzas e azuis e cada peça desenhada e escolhida com muito critério.


Obras de arte de pintores e escultores brasileiros completam o décor.

 


 

Corporativo

 

 

Odebrecht | São Paulo, SP

 

 

Ocupando 6 pavimentos, perfazendo um total de 10.500,00 m2, os novos escritórios da Odebrecht no Eldorado Business Tower em São Paulo foram implantados seguindo os conceitos de flexibilidade, modernidade, sobriedade, sustentabilidade e arrojo tecnológico.


A empresa tem uma profunda preocupação com o bem estar de seus funcionários e respeito pelo meio ambiente, e isso tudo aparece desde a concepção do projeto até a definição de materiais de acabamento e suporte institucional. E sempre com a participação e o envolvimento dos usuários durante todo o processo.


Em todos os pavimentos um pool de salas de reuniões está locado logo na recepção , podendo assim ser utilizado por todos os ocupantes do grupo mesmo que estes estejam alocados em outro pavimento. As salas de reuniões apresentam divisórias articuladas possibilitando diversas formações. As recepções dos diferentes andares tem a mesma linguagem espacial, cores e materiais de acabamento mas cada empresa do grupo recebeu um projeto diferenciado. A flexibilidade, um dos fatores mais importantes deste projeto foi atingido com a utilização de forros, divisórias e mobiliário modulados entre si, podendo assim atender com mais agilidade os remanejamentos constantes necessários dentro da empresa.


A exemplo de outros projetos para o Grupo , o conceito de oferecer “luz do dia para todos” foi alcançado com a utilização de estações de trabalho com biombos baixos , propiciando maior integração e agilidade nas relações de trabalho e pessoais e nas salas fechadas através de divisórias de vidro duplo incolor.


Foram criados padrões para as diversas salas que vão da área ocupada ao tipo de fechamento (do biombo à divisória no que diz respeito às alturas e tipo de vinil utilizado no vidro ou persianas entre vidros).


O mobiliário escolhido é o mesmo para aqueles que trabalham nas estações de trabalho e nas salas separadas por biombos com altura de 1,60m e também nas salas fechadas, estas últimas em dois tamanhos diferentes , sendo a maior dotada de uma mesinha redonda para reuniões. Em algumas salas optamos por uma grande mesa quadrada que já faz também o papel de reuniões. As divisórias , transparentes, recebem tiras de vinil jateado até 1,20m, da mesma altura dos biombos da periferia . As divisórias foram utilizadas como elemento de suporte institucional . Pintadas em vinil, frases e fotos que transmitem a política da empresa e sua produção, estão espalhadas por todo o espaço criando uma atmosfera de pertencimento.


Foram escolhidos materiais de acabamento e cores discretas como prata, argila, tons de azul, cinzas e preto e o aconchego da madeira marfim.


O 33º pavimento foi idealizado como espaço de convivência e pool de salas de reuniões e foi criado para a utilização de todas as empresas da Odebrecht. Foi utilizado pela primeira vez na América Latina o sistema de divisórias Skyfold que, recolhidas no forro e utilizadas em conjunto com um sistema de divisórias de vidro dupla articuladas, possibilitam abertura total do ambiente. Neste pavimento também está a Sala do Conselho que recebeu um jardim privativo e foi projetada com mobiliário e equipamentos de alta tecnologia.

 


 

Corporativo

 

 

Hall do Grupo Ultra | São Paulo, SP

 

 

O andar térreo do edifício do Grupo Ultra foi totalmente revitalizado para dar lugar a um amplo espaço de convivência. Um ambiente moderno e aconchegante que privilegia a iluminação natural. A área foi ocupada em toda a sua extensão, da Brigadeiro à Arthur Prado, através de um boulevard arborizado e dotado de serviços e acessórios, que tem como principal objetivo o bem-estar e a integração de todos os usuários.


Para manter a história do Grupo Ultra sempre presente, permeando os ambientes do prédio de forma integrada, foram criados painéis que contam os fatos marcantes da empresa e seus negócios. Distribuídos por vários pontos de grande circulação do novo espaço, os painéis são um destaque da reambientação do edifício. O projeto de revitalização de todo o espaço do térreo teve como intuito modernizar as antigas instalações e proporcionar um ambiente agradável, de integração e qualidade de vida de todos que ali trabalham.


Flexibilidade também foi um dos conceitos que norteou o projeto. O Espaço Multiuso, delimitado por divisórias retráteis, é outra novidade e pode ser adaptado a diversas atividades, como representações, workshops, exposições. Outra grande preocupação desta mudança foi oferecer maior segurança aos frequentadores, bem como condições de acessibilidade com a instalação de plataformas e banheiros adaptados, destinados aos portadores de necessidades especiais.

 


 

   

 

 

©Jizcom / www.arqbrasil.com.br  - O espaço da arquitetura brasileira