Barbara & Purchio Interior Design

 

Cristina Mason Barbara

 

 

 

55 11 3842-8562

 

@WEB

 

 

 

 

Comercial

 

Loja do Chá - MostraDecoração 2009 | São Paulo, SP

 

 

As designers de interiores Cristina Mason Barbara e Milena Mason Purchio preparam novo ambiente para a edição de 2009: a Loja do Chá.


Com inspiração nos arquitetos Mies van der Hohe e Phillip Johnson (fachada) e Takashi Sugimoto (interiores), o espaço de 100m² trabalha com a sensibilidade. Os materiais usados dão ênfase à pedra, aço, vidro e madeira. Os materiais chocam-se e unem-se em perfeita harmonia. O fator surpresa desse ano é o impacto gerado pelos grandes volumes de pedra bruta de resíduos de antigas pedreiras da Amazônia.


A casa de vidro iluminada valoriza a transparência e a integração do espaço interno com os jardins externos, as pedras de 6 e 3 toneladas, se contrapõem ao inox, ao vidro temperado e a madeira certificada Pequiá, conferindo sofisticação e leveza. As pedras de grande expressão ainda acalmam os visitantes fazendo com que a voz do coração aflore. Em momentos de confusão (o mundo vive em conflito) essa pedra tranquiliza e clareia os pensamentos dos visitantes através da amorosidade. Desta forma aguçaremos os cinco sentidos do visitante.
“Queremos levar nossa casa do chá a simplicidade dos bosques e complementá-la com o lançamento dos móveis de design nacional da Dpot”, conta Cristina Barbara.


“Participar da mostra é sempre um desafio à sensibilidade”, declara Cristina Barbara. “No projeto desse ano, procuramos mostrar ao público que a natureza pode fazer parte da arquitetura e que não é apenas um resíduo paisagístico. Por tudo isso, criamos um ambiente que parece ser a somatória do antigo desejo de viver bem“, finaliza Cristina.

 


 

Residencial

 

 

Apartamento | Guarujá, SP

 

 

O desejo da Cliente era de integração total do Living e Sala de Jantar. O projeto foi atendido plenamente e devido a disposição dos ambientes não houve modificações significativas, apenas adaptações.


O Projeto dessa casa na praia teve o Living e Sala de Jantar integrados diretamente com a cozinha tornando assim o espaço acessível a todos da casa.


Com isso a cozinha tornou-se um camaleão, podendo ser usada como cozinha e cozinha gourmet uma vez que estamos em uma casa de praia.


Foi aplicado fibra, fórmica de última geração imitando madeira freijó, vidro e tons de azul que remetem ao oceano.
Fórmica com acabamento imitando madeira de última geração.


Elementos próprios com resistência a maresia, com as mesmas características dos outros materiais em estado natural.


Em todos os projetos do escritório a cenografia é elemento de destaque pois os efeitos cenográficos fazem a diferença na decoração.


Nessa casa de praia foi usado lâmpadas incandecêntes no forro, com tom amarelado e também a iluminação periférica de abatjoures, luminação de piso prorcionando um clima aconhegante e descontraído.


O piso porcelanato com aplicação de cimento queimado, revestimento nas paredes da paper.com imitando bambû, madeira dos armários em freijó com detalhes em aço corten tornam o ambiente clean, descontraído e elegante.
O projeto total visa à aproximação da familia e amigos num ambiente descontraído e aconchegante não deixando de lado o conforto e elegância dos grandes centros.


 

Residencial

 

 

Copa e Cozinha | São Paulo, SP

 

 

O projeto foi direcionado a uma família que tem hábitos gourmet e que pudessem receber amigos e familiares para degustar suas delícias.

O espaço é amplo e integrado a copa, confortável e ao mesmo tempo, prático no dia a dia.
Na nossa opinião, a cozinha é um dos espaços mais importante da casa. É o lugar onde se prepara o alimento e igualmente uma fonte de calor humano e recolhimento da família.


A revalorização das cozinhas também pode ser vista como reflexo dos atuais tempos de insegurança, que têm feito com que as pessoas saiam menos de casa.

Além disso, é fundamental que se tenha um ambiente muito prático, com o menor trabalho possível para quem vai comandar o preparo das refeições.

Essa cozinha gourmet, em especial, tem um grande espaço de armazenamento, iluminação cenográfica onde a combinação de lâmpadas especiais mantém as cores dos alimentos in natura. Além de equilibrar a temperatura ambiente, está integrada a uma copa muito aconchegante com mesa de vidro e parede de fibra especial simulando madeira, que também recebeu iluminação cenográfica diferenciada.

Acreditamos que os projetos de cozinha sejam cada vez mais humanizados, é uma área de integração de pessoas, atendendo de fato aos reais necessidades das pessoas, por exemplo, bancadas com muitas tomadas e os eletrodomésticos dispostos adequadamente ao uso diário, armários amplos com portas em vidro para melhor visualização do seu interior e a integração entre os ambientes.

Nos armários da cozinha, foi utilizado MDF com banho de gofratto, fórmica líquida resistente, com acabamento final semelhante à fórmica.

Os puxadores são em alumínio, o louceiro recebeu portas em vidro transparentes com perfis de alumínio.
Na copa integrada, revestimos uma parede em fibra especial de última geração imitando madeira, a mesa de vidro e a iluminação deram o toque final ao ambiente.

Todos os elementos interagem entre si formando um conjunto harmônico. A funcionalidade do ambiente é o primeiro passo para iniciar um projeto de iluminação, é onde definimos o tipo de trabalho ou esforço visual que precisamos e os objetos que precisamos destacar.

A iluminação cenográfica da cozinha foi projetada com lâmpadas fluorescentes e incandescentes, de forma a não modificar o tom dos alimentos e manter a temperatura ambiente agradável.

Temos acesso a cozinha através da Sala de Jantar que nos leva a copa onde à direita temos uma mesa em vidro com cadeiras brancas, a parede é revestida em fibra especial simulando madeira, três pendentes em vidro leitoso com formato de cone iluminam a mesa e as gravuras dão um toque aconchegante ao ambiente.

Entrando na cozinha, do lado esquerdo temos os armários com portas em vidro onde armazenamos os alimentos.
No lado direito, uma grande bancada com gavetões inferiores em MDF banhados em gofratto com tampo em fórmica de última geração simulando madeira, um fogão em inox.

Na área de trabalho, ainda temos os armários inferiores seguindo a linha dos demais em MDF banhados de goffratto, a lava louças em inox e a bancada em Silestone. Sobre a bancada armários suspensos com portas em vidro transparentes, abrigam as louças.

O piso é revestido de porcelanato branco e as paredes também são brancas.
No teto as luminárias especiais, projetada com lâmpadas fluorescentes e incandescentes, de forma a não modificar o tom dos alimentos e manter a temperatura ambiente agradável são o toque final ao ambiente.

 


 

Comercial

 

 

Loja Dpot | São Paulo, SP

 

 

Cristina Barbara é responsável pela criação desse projeto que teve como objetivo privilegiar os artistas brasileiros, transformando uma loja de Shopping em uma verdadeira oficina de artes, onde sob encomenda pode-se ter o prazer de adquirir peças personalizadas de Silvio Romero, Sergio Rodrigues, Mariana Ferrarezi, Roberto Hercowitz, dentre tantos outros conceituados designers brasileiros.

Criar uma vitrine de design com o luxo dos materiais rústicos criados por designers nacionais, foi uma experiência singular.

Sem fronteiras e sem limites de criatividade, o projeto enveredou pelo sustentável e pelo uso de materiais naturais, acolhedores e atemporais.

Criamos um ambiente marcante para todos, até aqueles que não estão ainda ligados na sustentabilidade se envolve com a beleza e leveza do mobiliário, remetendo o observador a natureza pura e simples, que é premissa do mundo moderno, ou seja, aproximar o homem cada vez mais da simplicidade, valorizando os materiais e formas sofisticadas que os artistas lhe conferem.

A loja em questão, foi toda reformulada para um jovem solteiro e um grande loft foi à solução moderna para a leitura desse morador que recebe amigos, parentes para juntos partilharem de ambientes aconhegantes e harmoniosos.

Um momento de dificuldade enfrentado, foi como separar a entrada da loja com o Living integrado
Foi então criado um anteparo com aparadores em madeira e fechamento em vidro transparente para não privar a visão do observador do living.

O uso do skyline na iluminação cenográfica foi de fundamental importância, conferindo ao ambiente a sensação de profundidade nos efeitos 3D, valorizando ainda mais os móveis de design nesses ambientes atemporais.

Cores pastéis para dar leveza ao ambiente para acolher os móveis em materiais em formas naturais e orgânicos.

Cada ambiente recebeu cores que conferisse simplicidade e sofisticação aos ambientes de acordo com o mobiliário de cada artista. Todos os móveis são exclusivos e únicos.

A sofisticação ficou por conta do conjunto harmônico de cores, a integração de materiais rústicos com moderno, a iluminação cenográfica skyline, e claro a criatividade e beleza dos móveis criados por gênios brasileiros do design.

 


 

Comercial

 

 

Lavanderia | São Paulo, SP

 

 

Cristina Mason Barbara e Milena Mason Purchio, são as responsáveis pelo projeto “A Lavanderia” no Jockey Clube de São Paulo, 2007, uma releitura moderna, onde além do conceito de lavagem de grandes quantidades de roupas, trabalha o lado sensitivo do visitante que interage com o espaço através da iluminação, áudio, TV, cores e muita tecnologia de ponta.

O conceito do ambiente é uma lavanderia high -tech, com as características de uma grande lavanderia industrial, extremamente compacta , atendendo as necessidades do público residencial e comercial.

A área de 20m² apresentou as principais tendências em materiais utilizando muito gloss, alumínio, espelhos, vidros, transparências e imagens projetadas transmitindo sensações trimensionais, um ambiente extremamente conceitual, plástico, utilizando subterfúgios para que o visitante interaja com o ambiente

O ponto alto do projeto é a criatividade: os visitantes tiveram a sensação de estar ao livre, graças ao vento forte vindo de grades nas laterais do rodapé, o teto teve efeitos cenográficos, dando a sensação de profundidade, sobre varais repletos de calças jeans penduradas em nuvens e as TV’s que transmitindo vídeos conceituais sobre o vento e o espaço.

Com luzes nas sancas e rodapés, a sensação é de estar a céu aberto. A luz do dia passando por baixo dos rodapés e o azul do céu nas sancas superiores complementado com ar saindo dos rodapés e das calças jeans suspensas no teto com fios em aço complementam a cenografia.

Máquinas de secar e lavar ao lado de um armário com porta em vidro para guarda das roupas lavadas e secas, complementados com armário de utilidades.

Três dispensers com produtos a granel, a serem utilizados tanto na lavanderia residencial como industrial, com sabão em pó branco e azul, sabão em barras, amaciante.

Todos os produtos são pegos a granel por conchas presas o alto do armário.

O tanque em L e Silestone branco, segue a mesma linha cenográfica, com diversos desníveis de água.
A área de descanso também com efeito cenográfico de um grande painel de bolhas de água e um banco cromado permitem o descanso enquanto a roupa fica pronta para uso.
 


 

   

 

 

©Jizcom / www.arqbrasil.com.br  - O espaço da arquitetura brasileira