Arthur de Mattos Casas

 

 

 

 

55 11 2182-7500
.

@  | @  |  WEB

 

 

 

 

Saúde

 

Spa Cidade Jardim | São Paulo, SP

 

 

Projeto do Spa Cidade Jardim privilegia materiais naturais e cores suaves
Mudar a freqüência, diminuir o ritmo, desacelerar. Convidar o usuário a relaxar e usufruir a exclusividade do espaço através de uma experiência multisensorial. Este foi o ponto de partida para a conceituação do projeto do Spa Cidade Jardim.
O projeto desenvolvido por Arthur Casas e sua equipe usa com maestria materiais naturais. Madeira, pedras, tecidos de fibras naturais e o som de água corrente compõem um refúgio necessário em uma cidade agitada como São Paulo.
Após ser recebido no balcão da recepção, o cliente é conduzido ao lounge, concebido para ser uma área de transição entre o caos do mundo lá fora e o ambiente de paz proporcionado pelo spa. O confortável espaço tem iluminação indireta e cores neutras, transmitindo a sensação de que o tempo é outro e o bem-estar é a prioridade.
Todos os detalhes foram objeto de atenção sempre tendo em vista o conforto do usuário. Desde os vestiários, com cabines individuais, passando pelas áreas de circulação independentes, salas Vips dotadas de banheiras de imersão e camas de massagem com vista para a cidade, tudo foi pensado cuidadosamente.
No trajeto que leva às salas de massagem, fica uma área onde grandes banheiras funcionam em diversas temperaturas. Os equipamentos estão dispostos num espelho d´água com uma parede de água corrente. O som remete a cachoeiras, ampliando a sensação de paz que conduz ao relaxamento. Os móveis onde o cliente pode recostar para descansar ou mesmo assistir televisão em monitores individuais também foram criados pelo escritório de Arthur Casas.
O inédito pavilhão de águas, com diversas piscinas, é um dos pontos altos do projeto. Aí também as cores claras e a iluminação indireta foram incluídas para proporcionar condições de descanso aos clientes. Numa das paredes, pastilhas furta-cor criam um brilho acobreado combinando com os reflexos da luz na água. Espreguiçadeiras de madeira convenientemente dispostas oferecem vista para a cidade através de grandes janelas.
Segundo Arthur Casas, a idéia foi dar continuidade à filosofia do próprio Shopping Cidade Jardim. Por isso, usou a mesma paleta de cores e o mesmo espírito, sempre mantendo a atemporalidade. Para ele, arquitetura tem que ser duradoura, e não incorporar os modismos do momento.
SPA CIDADE JARDIM
Shopping Cidade Jardim – 5º piso
Endereço: Av. Magalhães de Castro, 12.000 – São Paulo - SP
Tel: 3552-3575
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 10h às 19h. A área de fitness de segunda a sábado a partir das 6h e aos domingos, às 9h.

 


 

Residencial

 

 

Apartamento | New York

 

 

 

CENTRAL PARK SOUTH - NEW YORK - 2009
Este projecto é um apartamento New York possuído por um colecionador de Arte Latino-americano - venezuelano americano. O projeto foi desenvolvido para abrigar parte da sua colecção que de alguma maneira igualam-se com as maravilhosas vista de Manhattan. Excelente desenho peças de diferentes períodos foram escolhidos, de art deco ao contemporâneo, incluindo uma bela poltrona pelo brasileiro Jorge Zalzupin.
Fotos: Leonardo Finotti

 


 

Residencial

 

 

Apartamento | São Paulo, SP

 

 

Ficha: Equipe Arq. Alessandra Pinho Schloesser

 


 

Residencial

 

 

Apartamento | São Paulo, SP

 

 


 

Residencial

 

 

Apartamento | Rio de Janeiro, RJ

 

 

 

Ficha
LOCAL: AV ATLÂNTICA
RIO DE JANEIRO
ANO:2009
FOTOS: Tuca Reines

 


 

Comercial

 

 

World Bar | Nova York

 

 


 

Comercial

 

 

Loja Natura | Paris

 

 


 

Comercial

 

 

Loja Mistral JK | São Paulo, SP

 

 

 MISTRAL
A distribuidora Mistral procurou o Studio Arthur Casas com o desafio de criar uma loja que inovasse a maneira como os clientes abordariam o mundo do vinho. Num universo onde grande parte das transações é feita pela internet, precisávamos criar um espaço que contasse o vinho de maneira lúdica, atraindo novos clientes e permitindo aos iniciados aprofundar seus conhecimentos.
A loja de 100 metros quadrados é relativamente pequena para o programa: espaço de vendas, adega, estoque, galeria interativa, espaço de leitura e degustação. Escolhemos a linha curva para integrar essa multiplicidade de espaços e evocar as percepções sensoriais ligadas ao vinho.
Convidar a desvendar o conteúdo de cada garrafa, que representa um território, uma tradição. A curva cria um percurso de descoberta onde cada espaço se revela aos poucos. Garrafas suspensas flutuam acompanhando a forma orgânica, com um fundo abstrato de luz e um ripado de madeira acima, trazendo calor e sobriedade para a loja. Uma faixa espelhada esconde telas que quando acionadas pelo toque de garrafas brancas revelam informações sobre os vinhos de cada seção.
Usamos as paredes da loja para expor o vinho de forma a enaltecê-lo, com toda a parte técnica escondida entre as paredes. Uma adega de pé-direito duplo é separada por uma porta de vidro, guardando os vinhos mais valiosos com um sistema de climatização próprio.
Na galeria interativa uma mesa convida o visitante a descobrir mais informações sobre o vinho, sensores instalados em algumas garrafas selecionadas permite que um conteúdo associado à mesma seja acionado quando posta sobre a mesa. A garrafa torna-se um 'mouse', girando-a podemos descobrir o terroir, entrevistas com produtores, notação da safra, etc.
No fundo da loja um espaço de leitura guarda livros especializados por entre as ripas que se prolongam até o chão. Toda a lateral da loja funciona como estoque. As garrafas suspensas geram uma textura rica, tomando o pé-direito duplo do espaço de leitura e se prolongando para o mezanino. No mesmo temos o espaço de degustação com duas mesas que se encaixam, adaptando-se ao número de convidados.
A cada espaço a garrafa é apresentada de maneira distinta, apesar de onipresente ela nunca se torno um objeto monótono, mas sim uma textura que se transforma conforme os ambientes. Uma garrafa pode possuir conteúdos extramente diversos, sugerir a multiplicidade na descoberta do mundo do vinho foi o ponto inicial do projeto arquitetônico.
Na Mistral a maneira como o produto está apresentado é indissociável da informação que ele contém, acreditamos que esse projeto seja inovador porque arquitetura, produto, informação e interatividade formam uma só entidade.

Ficha Técnica
Loja Mistral
LOCAL: São Paulo, SP
PROJETO: 2011
CONCLUSÃO: 2012
ÁREA TOTAL: 126,73m²
Autor: Arthur Casas
Coautores: Raphael França, Joana Oliveira
Coordenadora: Cristiane Trolesi
Equipe: Gabriel Ranieri, Maria Alice Carvalho, Mariana Santoro
CONSTRUTORA: Souza Lima
CONSULTORES:
Studio Serradura (lighting); Art des Caves (Cellar); K2P (Plumbing and electrical engineering); SuperUber (Technology); Futurebrand (Visual Communication).
FORNECEDORES:
Clamon (Millwork), Primo Vidros (Glasses); RB (Wood Floors); Mr. Cryl (Concrete Floor); Serradura Oikós / Ventana (lamps);
FOTOGRAFIAS: Fernando Guerra - @


 

   

 

 

©Jizcom / www.arqbrasil.com.br  - O espaço da arquitetura brasileira