Ana Maria Wey

 

 

 

 

55 11 3064-4798

 

 

@  |  WEB

 

 

 

 

Residencial

 

Reforma Banheiro | São Paulo / SP

 

 

Ficha: Reforma de Banheiro

Introdução:
O recém-comprado apartamento era pequeno e antigo, e o banheiro, de 6 m2, possuía alguns pontos que incomodavam a nova proprietária.


E não era só a cerâmica que a incomodava, ela queria o chuveiro, antes em frente à porta, fosse instalado junto à janela para conter a umidade, colocando em seu lugar a pia.


A arquiteta Ana Maria Wey já encontrou as redes hidráulicas e elétricas preparadas para essa mudança e propôs uma linguagem contemporânea, valorizada pelos materiais.


Descritivo:
O banheiro possuía um revestimento ultrapassado e a pia, instalada entre janela e vaso, era simples.
A cliente desejava transformar esse canto em um box.
O box com porta de vidro acrílico ocupava um recuo de parede sem qualquer ventilação.
As toalhas em algodão são da Paola da Vinci e os vãos de vidro da L´oeil , imprimem graça ao ambiente.
O resultado foi um banheiro claro, charmoso e muito pratico.
O revestimento foram eliminados, a rede elétrica e hidráulica preparadas e impermeabilizado o piso e até 20cm de parede.
A proprietária queria tudo muito alegre e a arquiteta Ana Maria Wey especificou a Cerâmica Lepri no piso e na parede, instalada na diagonal até uma altura de aproximadamente 1,80m.
A cerâmica da Lepri, da linha Invecchiatto Bianco(11,5 x 11,5) foi escolhida por seu formato delicado que permite a composição diferenciada.
A Tabeira Invecchiatto Bianco Black(3x3) foi utilizada para quebrar o tom claro e dar arremate do piso, marcado pela diferença de assentamento.
O mesmo elemento cromático se repete na faixa que delimita a cerâmica e a pintura, emoldurando com peças de arremate(5x11cm)
O restante da parede foi protegido por textura desenho da Eucatex. o forro de gesso já havia sido rebaixado em 12cm pela proprietária com moldura contornando o teto e perfurações para spots embutidos, da Decorwatts. Esse trecho de parede foi pintado com tinta acrílica fosca branca da Eucatex. Resistente e lavável, atextura precisou secar por 24h para receber a coloração palha, da Eucatex, que também ajuda a quebrar com sutileza o branco predominante.
A bancada ocupou o antigo espaço do box e recebeu tampo de mármore branco (2,5x101x62cm), tipo exportação, da Marmoraria Alonso, com frontão de 12cm e saia de 18cm para encobrir o sifão da Forusi. a cerâmica recebeu parte da cola para segurar o espelho.
O lavatório de sobrepor Il64 branco da Icasa foi embutido na marmoraria.
Colado a parede , o espelho (101x120cm) da Atelier Vidros e Cia, ocupou toda a extensão da bancada, um recurso comumente empregado para ampliar a área.
A porta da Aratãs, ainda desmontada, recebeu massa acrílica, da Eucatex, e pintura com esmalte branco acetinado também Eucatex. O espelho (150x52cm) da Atelier Vidros e Cia foi colado sobre ela para propiciar amplitude e reflexo de todos os ângulos.
O box(190x128x80cm) da A. Jorge Vidros, foi instalado ao lado da janela para receber maior luminosidade e facilitar a ventilação.
Simples e funcional, o box tem portas de correr em vidro 10mm e acabamento com perfis de alumínio colados na cerâmica.
O misturador para o chuveiro é da linha Nautica Forusi, que recebeu também ducha Fiore Versaty Plus , com desviador e gatilho cromado(1875) , a saboneteira e o porta-toalha de argola, ambos cromados.
As prateleiras de vidro instaladas no box, acomodam com leveza os pertences de banho.
A maçaneta é da Yale La Fonte, com roseta em cromo acetinado fosco prata. Também são da empresa a fechadura e as 3 dobradiças com anéis cromados.
A iluminação executada pela Decorwatts seguiu o conceito clean. Luminárias de embutir cromadas, lâmpadas PL amarelas e vidro jateado protetor: os dois spots embutidos com lampadas dicroicas atendem a bancada.
O gabinete da Florense Tatuapé é de madeira revestida com laminado melaminico branco texturizado, os rodízios permitem seu deslocamento e facilitam a limpeza do banheiro.
A porta recebeu soleira em mármore branco (82x15cm) da marmoraria Alonso.
O projeto explorou a transparência do vidro no box, para tirar partido da iluminação natural.

FORNECEDORES: A. JORGE VIDROS / ARATÃS / ASSOCIAÇÃO DRY WALL / ATELIER VIDROS E CIA / DECORWATTS / EUCATEX / FLORENSE TATUAPÉ / FORUSI / ICASA / LEPRI CERAMICA / L´OIEL / MARMORARIA ALONSO / PAOLA DA VINCI  / YALE LA FONTE

 


 

   

 

 

©Jizcom / www.arqbrasil.com.br  - O espaço da arquitetura brasileira